7.2.10

Broken blossoms or The yellow man and the girl (1919), D. W. Griffith

7 comments:

  1. É a Mary Pickford?
    Que belas imagens.

    ReplyDelete
  2. É a Lillian Gish.
    É muito bonito, este filme. Aconselho vivamente.
    Está mesmo bonito, este blogue em roxo. Até dá gosto que comentem, para eu ter que vir aqui. Eh, eh.

    ReplyDelete
  3. A Lillian Gish! Lembro-me dela naquele filme das duas velhotas que viviam ao pé de uma lagoa. Vi quando era pequena. Estava mesmo muito velhota. Mas era tão querida.
    Sim senhora, o blog está bem bonito, com este roxo escuro. É uma cor terrível quando as pessoas se lembram de a usar dos pés à cabeça (camisolas roxas, casacos roxos, malas roxas e condizer com sapatos roxos, convencidas que é chique, que coisa medonha!), mas num blog fica mesmo a matar. Fica bem, bem, bem, e com estas imagens, melhor ainda. Realça. :)

    ReplyDelete
  4. ;) Eu cá odiava o roxo, mas aprendi a apreciá-lo, tal como o pink. Acho o roxo num blogue uma coisa muito chique, muito elegante. E nas pessoas também pode ser, desde que não se exagere, claro. Mas nas pessoas, em exagero, acho que só sou pelo preto.

    ReplyDelete
  5. Oh pá, com essa é que me mataste. Eu adoro preto, adoro de morrer, ando sempre de preto, nada me apraz mais do que andar de casacão preto para todo o lado.
    Quanto ao roxo, se não for um cinto a condizer com o preto (de preto e roxo, gosto), para mim é para esquecer. Só mesmo nos blogs.

    ReplyDelete
  6. Já somos dois (a andar de preto. Eh, eh).

    ReplyDelete
  7. !!!

    Ainda ontem li sobre esta cena! que maravilha, tenho de ver.

    ReplyDelete

archive