5.5.10

To have and have not (1944), Howard Hawks

4 comments:

  1. Maravilhoso. Esta Bacall era só pintarola.

    ReplyDelete
  2. Desiludiu-me o To have and Have not, é uma espécie de Casablanca mas mais fraquinho, ainda que sendo com argumento do Faulkner sobre novela do Hemingway, melhor de longe o The Big Sleep ou o Key Largo. O The Big Sleep acho que, se não viste, és capaz de gostar muito. É um melodrama daqueles de faca e alguidar, dos melhores, portanto.

    ReplyDelete
  3. O To have and have not parece-me ser um filme sobre a dimensão dos corpos, e nesse capítulo sucede muitíssimo melhor que o Casablanca, que, para além disso, é sem dúvida meu preferido. Mas não acho, de forma alguma, que o To have and have not seja fraco, carambinhas!

    Th big sleep melodrama de faca e alguidar? Mas é um film noir! Terás confundido? O outro não vi, mas o TBS sim, e amei bastante. Docinho, docinho!

    ReplyDelete
  4. Lol, melodrama não é, tens razão, slept my mind. Mas a Laureen Bacall no tbs :O

    ReplyDelete

archive