21.3.11

 
Senso (1954), Luchino Visconti

5 comments:

  1. este é provavelmente o meu post favorito de toda a blogosfera.
    és o verdadeiro poeta do fragmento (feliz dia da poesia)

    ReplyDelete
  2. é muito deprimente isto me lembrar uma cena do closer?

    ReplyDelete

archive