12.3.10

The night of the hunter (1955), Charles Laughton

3 comments:

  1. Com esta é que me deslumbraste!
    Sabes o quanto adoro este filme? Não, mas eu digo-te: muito. E só o vi uma vez, mas no cinema, o que foi um luxo. Foi no Ávila, que saudades, que passava filmes antigos.
    E gosto muito da Shelley, também. Está óptima neste filme. E aquela cena dela debaixo de água, e os meninos a descerem o rio, e o assobio, e as mãos tatuadas...
    Este filme é tão maravilhoso. Obrigada por esta escolha. Verdadeiramente excelente.

    ReplyDelete
  2. Cara companheira das lides blogueiras, muito me apraz ler as tuas palavras entusiasmadas acerca deste filme.
    No entanto não vou armar em falso, e devo dizer que, quanto a mim, o fascínio ficou-se somente pelas magníficas imagens. E também Shelley Winters e Lillian Gish me proporcionaram bons momentos, claro, mas isso já tinha como garantido.
    Tenho pena de não ter apreciado grandemente o filme. Nem é o não ter apreciado, mas o ter-me irritado - coisa rara. Aquela aura de misticismo fantastico-religioso foi um enorme turn off. Mas numa coisa volto a concordar: o trabalho visual é impressionante, até me apetece dizer que do mais impressionante que vi até hoje (linda, essa cena debaixo de água). Para a próxima tento ver o filme sem som. Para além de não ter gostado nada do diálogo (exceptua-se esta cena e mais umas poucas), também a música me pôs a arrancar cabelos.
    Bom, tínhamos que discordar um dia! :)

    ReplyDelete
  3. Olha... tem graça, assim à partida, diria que era mesmo filme para tu gostares.
    Mas lá está, teríamos, inevitavelmente, de discordar sobre qualquer coisa. Enfim, fico contente por não teres odiado. :)

    ReplyDelete

archive